33 associadas já sofreram sanções do Conselho de Ética

24/01/2018

Denúncias que relatam ilícitos ou que dizem respeito a não associados, são encaminhadas às autoridades legais

Cinco novas advertências foram aplicadas pelo Conselho de Ética do IES, às empresas associadas ao Instituto acusadas de práticas não éticas no mercado de Dispositivos Médicos Implantáveis (DMI), no dia 23 de janeiro.

O subprocurador geral da República, Antônio Fonseca, o presidente executivo do Instituto Brasileiro de Ética Concorrencial - ETCO, Edson Luiz Vismona, e o professor da Universidade de São Paulo, Celso de Hildebrand e Grisi, integrantes do Conselho de Ética, já analisaram 36 processos que envolvem associados. Ao todo, já foram deliberadas 10 recomendações, 23 advertências e 3 arquivamentos.

Os associados que receberam advertências e recomendações terão um prazo para cumprirem as determinações do Conselho de Ética. As denúncias que relatam ilícitos ou que dizem respeito a não associados, são encaminhadas às autoridades legais.

Em dezembro, o Canal de Denúncias do IES totalizou 548 denúncias e 1.346 denunciados, entre médicos, distribuidores, hospitais, importadores, operadoras de planos de saúde, fabricantes e outros. As denúncias podem ser feitas pelo site www.eticasaude.org.br ou pelo 0800-741-0015.

Galeria de Fotos