IES amplia relacionamentos com entidades e fabricantes de produtos para a saúde, nos Estados Unidos

08/10/2018

QualIES gerou interesse de consultorias na área de compliance e da indústria norte-americana

O trabalho que o Instituto Ética Saúde desenvolve no Brasil na área de compliance despertou o interesse de entidades internacionais nas áreas de dispositivos médicos e diagnóstico e também de fabricantes estrangeiros, durante a MedTech Conference, realizada no final de setembro, na Filadélfia, Estados Unidos. O evento foi organizado pela AdvaMed. 
O diretor executivo, Carlos Eduardo Gouvêa, representou o IES em diversas reuniões, entre elas com a Global Diagnostic Alliance (GDA), entidade que congrega as diversas associações do setor de diagnóstico in vitro; e com a Global Medical Technology Alliance (GMTA), que reúne empresas de dispositivos médicos, produtos de diagnóstico e sistemas de informação de saúde. “Apresentei o conceito e as ações do IES, apontando os avanços no Brasil no setor de Saúde, desde a assinatura do Acordo Setorial e posterior criação do IES, em 2015”, conta Gouvêa. 
Além das entidades, também foi possível estabelecer contato com diversos fabricantes interessados no trabalho que o IES tem desenvolvido, assim como com consultorias na área de compliance. Segundo o diretor executivo, “todos ficam muito atraídos principalmente pelo QualIES, por conta das melhorias que serão proporcionadas ao mercado, em termos de padrão a ser seguido pelas empresas”.
 
Coalizão Interamericana de Ética em Dispositivos Médicos
Na véspera da MedTech Conference, aconteceu a 4ª reunião da Coalizão Interamericana de Ética no setor de Dispositivos Médicos. As entidades participantes apresentaram os progressos feitos desde abril, quando o grupo se reuniu em São Paulo. 
Cada integrante pôde apresentar o trabalho que tem realizado em relação ao compliance junto aos seus associados ou setor de saúde local. “Foram firmados vários compromissos para avançarmos na defesa dos Princípios de Bogotá (códigos éticos do setor de tecnologia médica), tendo em vista apresentarmos bons resultados na próxima reunião da Cooperação Econômica Ásia-Pacífico (APEC), em 2019, no Chile”, finalizou Carlos Eduardo Gouvêa.
 

Galeria de Fotos