Observatório Social do Brasil é apresentado oficialmente como membro do Conselho Consultivo

15/04/2019

Boas vindas foram durante a 10ª reunião do grupo, em 9 de abril, realizada na sede da Fehoesp, em São Paulo


         Novo integrante do Conselho Consultivo do Instituto Ética Saúde, o Observatório Social do Brasil é uma instituição não governamental, sem fins lucrativos, disseminadora de uma metodologia padronizada para a criação e atuação da maior rede de controle social do país, formada pelos observatórios sociais (OS), organizações democráticas e apartidárias do terceiro setor. Os observatórios sociais chancelados pelo OSB estão presentes em 137 cidades de 16 Estados brasileiros.
 
         Segundo o conselheiro Paulo Nogueira Sampaio, o OSB tem o objetivo de monitorar os gastos das administrações municipais, monitorando as licitações, desde a publicação do edital até a entrega do produto de serviço. “Trabalhamos também com a educação fiscal, na divulgação dos conceitos de cidadania e controle social, com a criação de indicadores”, explicou. Estima-se que entre 2013 e 2017, com a contribuição dos mais de 3.500 voluntários do OSB, houve uma economia superior a R$ 3 bilhões para os cofres municipais. 
 
         “O Ética Saúde acredita no poder da transparência e do engajamento da sociedade civil, através de ferramentas de controle social. Só desta forma, através de instituições como o Observatório e IES é que o cidadão, teoricamente desprotegido, pode sim ganhar força e exercer uma forma de controle muito importante e forte, diminuindo a questão de corrupção e das práticas desleais”, destacou o diretor executivo do Instituto, Carlos Eduardo Gouvêa, na reunião de apresentação do OSB.
 

Galeria de Fotos