Instituto Ética Saúde participa do lançamento da Frente Parlamentar de Combate ao Contrabando, em São Paulo

18/09/2019

Mercado ilegal mobiliza R$ 192 bilhões por ano no Brasil, entre a comercialização e impostos não recolhidos


O integrante do Conselho de Ética do Instituto Ética Saúde e presidente do Instituto Brasileiro de Ética Concorrencial, Edson Vismona, fez parte da mesa de autoridades, no lançamento da Frente Parlamentar de Combate ao Contrabando da Assembleia Legislativa de São Paulo, no dia 16 de setembro. O evento foi no Palácio 9 de Julho, sede do parlamento paulista, e também contou com a presença do diretor técnico do IES, Sérgio Madeira. 
 
A Frente Parlamentar é uma iniciativa do deputado do PMDB, Jorge Caruso. Estiveram presentes Receita Federal, autoridades policiais em todas as esferas demais órgãos de segurança, representantes do executivo municipal, Ordem dos Advogados do Brasil, agências de controle e outras. “É essencial que a sociedade, governo e empresas se unam para combater atitudes ilícitas e o mercado ilegal de produtos em diversas áreas”, defende Madeira.
 
A comercialização e o não recolhimento de impostos geram um prejuízo de R$ 192 bilhões por ano no Brasil. Um dinheiro que poderia ser empregado em instalações públicas na área de educação e saúde, por exemplo. Edson Vismona destacou que o desenvolvimento de um país está diretamente ligado a uma postura ética, em todos os níveis, e ao cumprimento das leis, garantidoras da segurança jurídica necessária à evolução dos negócios e crescimento social, tal qual o Instituto Ética Saúde preconiza, inclusive com iniciativas de autorregulação. 
 

Galeria de Fotos