Os desafios da saúde nos próximos anos

10/12/2019
Presidente do IES defendeu o prontuário único do SUS e a implantação da telemedicina, em evento em São Paulo
 

Aconteceu, no dia 05 de dezembro, em São Paulo, o "Brasil 2020: Quebrando barreiras e estabelecendo novos paradigmas para o crescimento sustentável", realizado  pelo  Instituto Ética Saúde e outras entidades de saúde. O evento foi aberto pelo presidente do Grupo Fleury, Carlos Martinelli, e pelo presidente da CBDL, Fábio Arcuri. Em seguida, palestraram o economista, empresário, professor e alpinista, Juarez Soares, e o economista sênior do Banco Mundial, Edson Araújo.
 
Araújo falou sobre os desafios para sustentabilidade do sistema de saúde brasileiro. Analisou, primeiramente, o cenário atual e, em seguida, elencou propostas de reformas para os próximos anos. “Implantação de redes integradas de atenção à saúde; aprimorar a coordenação com os sistemas de saúde de saúde suplementar; reformas do lado da oferta, da demanda e do pagamento aos prestadores, além de reparos no financiamento para conferir mais qualidade, desempenho e produtividade”. Para ele, é fundamental preparar o Sistema Único Brasileiro (SUS) para o envelhecimento da população e o aumento da carga das doenças crônicas. “A consolidação do SUS depende da capacidade de adotar medidas inovadoras para sua modernização, como foram inovadoras as ideias que inspiraram a implantação da cobertura universal de saúde no país há três décadas”, finalizou. 
 
No debate, o presidente do Instituto Ética Saúde, Gláucio Pegurin Libório, destacou que “há muitos anos, nas palestras de saúde, são apresentados os problemas e soluções para o setor. Todo mundo sabe o que fazer, mas não estabelece como prioridade. Na minha opinião, o que deveria ser feito de imediato é o prontuário único do SUS e a implantação da telemedicina, pois em áreas mais distantes onde é difícil ter especialistas, a telemedicina pode ajudar bastante”.
 
Também estiveram presentes representantes das demais entidades que realizaram o evento:   Aliança Brasileira da Indústria Inovadora em Saúde (Abiis), Associação Brasileira da Indústria de Artigos e Equipamentos Médicos e Odontológicos (Abimo), Associação Brasileira da Indústria de Alta Tecnologia de Produtos para Saúde (Abimed), Associação Brasileira dos Importadores e Distribuidores de Produtos para Saúde (Abraidi), Instituto Ética Saúde, da Associação Brasileira de Medicina (Abramed), Federação das Santas Casas e Hospitais Beneficentes do Estado de São Paulo (Fehosp), Federação dos Hospitais, Clínicas, Casas de Saúde, Laboratórios de Pesquisas e Análises Clínicas e Demais Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Estado de São Paulo (Fehoesp), Sociedade Brasileira de Análises Clínicas (SBAC) e Sociedade Brasileira de Patologia Clínica/Medicina Laboratorial (SBPC/ML), que  encerraram o encontro fazendo perguntas para os palestrantes. 
 

Galeria de Fotos