Residência da USP sobre Ética e Bioética destaca estratégias do IES para garantir a sustentabilidade do mercado de saúde

30/09/2020
Carlos Eduardo Gouvêa foi convidado a apresentar as iniciativas que estão contribuindo para um ambiente mais íntegro no setor

Os alunos do curso de Residência Multiprofissional da disciplina de Ética e Bioética da Universidade de São Paulo (USP) receberam o executivo de Relações Institucionais do Instituto Ética Saúde, no dia 29 de setembro, para uma aula sobre Ferramentas de Governança e Compliance como estratégia para garantir a sustentabilidade do mercado de saúde. 
 
Carlos Eduardo Gouvêa destacou os cinco anos de atuação do Instituto promovendo as melhores práticas nas relações, por meio de mecanismos de autorregulamentação para o setor saúde. Explicou como são divididos os Conselhos de Administração e de Ética, detalhou a atuação do Conselho Consultivo, apresentou os dados do Canal de Denúncias e explicou como funcionam os acordos de cooperação com os órgãos de regulação do governo. 
 
“Dediquei boa parte da aula para as questões sensibilização e educação, porque é fundamental que os profissionais de todas as áreas da saúde - que era o público presente – compreendam o papel deles dentro do contexto ética e transparência para a sustentabilidade do sistema”, citou Gouvêa. Ele detalhou os programas de educação em compliance realizados com a Federação das Santas Casas e Hospitais Beneficentes do Estado de São Paulo (Fehosp), pela plataforma do Educasus, e a parceria com a Fundação Getúlio Vagas para um curso que será lançado em breve para aplicar o Compliance na formação do profissional de saúde. 
 
Por fim, o executivo do IES apresentou o QualIES e as iniciativas do Instituto durante a pandemia, quando o risco de corrupção aumentou. “Foi uma oportunidade ímpar conversar com um público tão qualificado. Parabenizo a coordenadora do curso, Danielle Misumi Watanabe, pela grade curricular da residência”, finalizou. 

Galeria de Fotos