Instituto Ética Saúde é apresentado em Fórum do CRO/SP

16/09/2016

O evento reuniu cirurgiões dentistas e especialistas em cirurgia buco-maxilo-facial


            O I Fórum de Boas Práticas em CTBMF, realizado pelo Conselho Regional de Odontologia de São Paulo – CROSP na Associação Paulista de Cirurgiões-Dentistas – APCD Central, no dia 13 de setembro, em São Paulo, contou com a participação do presidente do Instituto Ética Saúde, Gláucio Pegurin Libório.

            A diretora de Desenvolvimento Setorial da ANS, Dra. Marta Regina de Oliveira, primeira palestrante, apresentou como o órgão regulatório vem atuando nas questões entre os cirurgiões-dentistas especialistas em Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Facial, Operadoras de Saúde e Fabricantes e Distribuidores de materiais OPME. Ela convidou os presentes a participarem das reuniões do Grupo Técnico de acompanhamento da Lei 13.003/14, que tem o objetivo de identificar e debater oportunidades para melhorar o relacionamento entre profissionais de saúde e setor de planos de saúde.

            Na sequencia, o coordenador da Câmara Técnica em Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Facial do CROSP, Sidney Rafael das Neves, tratou sobre as arbitragens realizadas pela entidade, com fundamento nas resoluções da ANS e na Resolução CFO 115/2012.

            Após as palestras, foi aberta a mesa de debate composta pelo mediador  Waldyr Antonio Jorge, professor, diretor da USP e representante da Câmara Técnica BMF; Daniel Nastri de Luca, presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Facial; Wilson Chediek, presidente da Comissão de Ética do CROSP; Sérgio Antônio Schiefferdecker,  coordenador da Comissão de Bioética e Recomendação de Boas Práticas do Colégio Brasileiro de Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Facial, e Gláucio Libório, que apresentou o Instituto Ética Saúde.

            Libório explicou que a ABRAIDI teve a ousadia de estruturar o processo que resultou no acordo setorial autoregularório.  "Conseguimos agregar ao trabalho o Instituto Ethos e possuímos dois conselhos, um Consultivo e outro de Ética, formados por pessoas independentes à governança do Instituto. Fazem parte do Ética Saúde Distribuidores, Fabricantes, Hospitais, Operadoras e Conselhos e Sociedades Médicas e Odontológicas", contou Libório.

            Os presentes foram convidados a entrar no site e conhecer o trabalho realizado e a documentação gerada. ""Hoje temos  mais de mil  denunciados que serão encaminhados aos Conselhos Regionais e aos Fabricantes - em relação aos distribuidores. Já as denúncias tipificadas como crime serão encaminhadas às autoridades competentes", completou.